Pensando o Design

Gostou? compartilhe!

Pensando o Design

Quando penso em design, a primeira coisa que me vem à cabeça é a beleza estética de uma peça, de um objeto, de um móvel. Talvez seja a primeira característica, mas isso não quer dizer que seja a mais importante.

Com a minha experiência, aprendi que a beleza é fundamental, mas se não estiver aliada a uma boa ergonomia, funcionalidade, utilização dos materiais, de pouco irá servir.

Sempre que vou criar um novo projeto penso em algo que ainda não existe, alguma coisa que irá servir para as pessoas e que ainda não foi posta em prática (pelo menos não do jeito que imagino). Depois penso em como esse novo objeto pode deixar o ambiente mais harmonioso, mais acolhedor.

Lembro da minha primeira criação mais elaborada, que foi o berço da minha primeira filha. Acreditava que a luz direta iria incomodar o bebê, então pensei em uma forma de iluminar o berço, mas sem a incidência direta da luz.

Fiz um projeto em que as bases laterais tinham uma luz interna que subia por barras de acrílico, que serviam como proteção lateral. Confesso que deu trabalho (até pelos materiais disponíveis na época), mas quando se vê o projeto que resolve seu problema e ainda deixa o ambiente mais bonito é muito gratificante.

A beleza é fundamental, mas o que diferencia um objeto de design de um obra de arte é sua utilização. Sendo funcional, ergonômico, inovador e belo, ele atingiu seu objetivo completo!



Gostou? compartilhe!